(35) 3722-2826
HOME VÁLVULA VIDEOS QUEM SOMOS DÚVIDAS AGRADECIMENTOS CONTATO LOGIN COMPRAR
Dúvidas : Perguntas e Respostas

1. Todo paciente com câncer tem dor?

A grande maioria dos pacientes com câncer avançado sente algum tipo de dor. Porém, na maioria dos casos, a dor é controlada através de medicamentos por via oral. É importante lembrar que somente o médico poderá avaliar o melhor remédio para a dor do paciente.

2. O que é traqueostomia e quando ela é indicada?

É uma cirurgia simples para colocação de um pequeno tubo de metal (chamado de cânula) na região próxima ao "Pomo de Adão", para facilitar a entrada do ar. Ela é indicada quando existe alguma obstrução que dificulta a passagem de ar da boca ou nariz até os pulmões.

3. Como fazer a limpeza da subcânula de traqueostomia?

O conjunto de cânula metálica de traqueostomia possui duas peças: a cânula e a subcânula. A cânula é a peça mais externa, que fica presa ao pescoço pelo cadarço. A subcânula é a peça que fica por dentro da cânula, e que deve ser limpa no mínimo três vezes ao dia, para evitar entupimento e uma conseqüente falta de ar. O cadarço da cânula deve ser trocado no mínimo uma vez ao dia ou sempre que estiver sujo. Para limpar a subcânula, proceda da seguinte maneira:

A- Retire a subcânula, deixe-a de molho em um recipiente com água e sabão neutro por alguns minutos. Reserve um recipiente específico para este fim.
B - Depois que a crosta estiver amolecida, esfregue bem a subcânula por dentro e por fora, usando uma esponja, tira de tecido ou uma escovinha de bico de mamadeira. Enxágüe com água corrente.
C - Ferva a subcânula, em um recipiente também reservado apenas para este fim, durante 10 minutos.
D - Espere a subcânula esfriar antes de introduzi-la novamente na cânula.

4. Porque os pacientes perdem o apetite?

A falta de apetite é bastante freqüente nos pacientes com câncer. Isto acontece, principalmente, devido às alterações metabólicas. Além da própria doença, outros fatores como a falta ou redução das atividades físicas, a manifestação de dor ou ainda alterações no estado psicológico podem contribuir para piorar este estado.

5. O que fazer pelo paciente que não quer mais comer?

Pacientes oncológicos tendem a perder o apetite. Por isso, não devem ser lembrados a todo momento que não comem como antes, e nem devem ser sobrecarregados de comida. A vontade do paciente deve ser respeitada, porém, alguns conselhos podem amenizar a situação: - Distraia o paciente na hora da alimentação e faça deste um momento tranqüilo.

- Ofereça pequenas quantidades de comida várias vezes ao dia e diminua a quantidade de líquido ingerida durante as refeições.
- Enriqueça a dieta com alimentos variados, como: na vitamina de frutas, acrescente leite em pó e uma farinha; na sopa, misture legumes, carne, óleo ou azeite e ovo e bata tudo no liqüidificador.

6. Como deve ser feita a limpeza da boca?

O paciente, quando não tiver dificuldade para andar, deve fazer a limpeza da própria boca regularmente após as refeições. Pacientes, com limitação de movimento porém conscientes, devem ter ao seu alcance o material necessário para que ele mesmo faça sua higiene. Em ambos casos, é recomendada a utilização de escova de dente macia e creme dental com flúor. Quando o paciente estiver inconsciente ou confuso, uma outra pessoa deve fazer a limpeza da boca com gaze embebida em um solução anti-séptica, como por exemplo a cepacaína, pelo menos seis vezes ao dia.

7. O que fazer quando o paciente tem dificultade de engolir?

O primeiro passo é saber o que está causando esta dificuldade. Ela pode ser causada por alguma infecção como herpes ou sapinho, por uma irritação conseqüente dos tratamentos já realizados, ou até mesmo por uma compressão na garganta que impede ou dificulta o ato de engolir. Estes problemas podem ser solucionados através de medicamentos ou, se o paciente optar, com a colocação de uma sonda para possibilitar a alimentação. Uma dieta apropriada, orientada pela nutricionista, também ajuda a diminuir o desconforto.

8. O que é alimentação por sonda?

A sonda é um tubo bem fino que é colocado no paciente, pelo nariz ou diretamente no estômago ou intestino, para que ele possa se alimentar. Neste caso, a dieta será composta somente de líquidos coados e preparada conforme orientação da nutricionista.

9. Quais os cuidados que devo tomar com a colostomia?

Observe a cor (deve ser vermelho vivo), o brilho, a umidade, a presença de muco, o tamanho e a forma. Limpe a estoma delicadamente, com água, de preferência durante o banho. Não é necessário esfregá-la. Evite roupas com elásticos ou cintos que apertem a estoma. Caso perceba alguma anormalidade, procure imediatamente o serviço de Enfermagem do HC IV.

10. Quais são os cuidados que devo ter com a pele ao redor da colostomia?

A pele ao redor da colostomia requer um cuidado especial porque o contato prolongado com as fezes pode causar irritação. Para manter a integridade e a aderência da pele ao dispositivo deve-se ter os seguintes cuidados:

A - NUNCA utilizar substâncias agressivas à pele, como álcool, benzina, colônias, tintura de benjoim, mercúrio, merthiolate, pomadas e cremes. Estes produtos ressecam a pele, favorecendo o aparecimento de feridas e reações alérgicas.
B - A limpeza da pele ao redor da colostomia deve ser feita com água e sabão neutro. Não é necessário esfregar com força ou usar esponjas ásperas.
C - Tome cuidado com insetos, em especial as moscas. Não permita que eles pousem na colostomia ou na pele ao redor.
D - Procure o serviço de Enfermagem do HC IV sempre que notar alguma anormalidade.

Válvula    | Videos    | Empresa    | Dúvidas    | Agradecimentos    | Contato
(35) 3722-2826  |    © 2013 Fonusmed. Todos os direitos reservados